Archive for November, 2008

Como ajudar as vítimas das Enchentes

Posted in Voluntariado with tags , , , , , on November 28, 2008 by Cris

Cuidados para a doação

A Defesa Civil recomenda cuidados para quem pretende fazer as doações:

– Os alimentos devem estar dentro do prazo de validade e com a embalagem intacta. De preferência, devem ser não-perecíveis;
– Colchões e roupas de cama devem estar em bom estado de conservação, limpos e prontos para utilização;

– Roupas e calçados também devem estar limpos e em condições de uso. Sapatos devem estar amarrados entre si (pé direito com esquerdo) e a numeração deve ser marcada do lado externo com caneta;

– Utensílios domésticos devem estar funcionando e bem conservados.

Contas bancárias

– Banco do Brasil
Agência: 3582-3
Conta corrente: 80.000-7

– Besc
Agência: 068-0
Conta Corrente: 80.000-0

– Caixa Econômica Federal
Agência: 1877
operação 006
conta 80.000-8

– Bradesco
Agência: 0348-4
Conta Corrente: 160.000-1

O nome da pessoa jurídica é Fundo Estadual da Defesa Civil, e o CNPJ é 04.426.883/0001-57.

Segundo o governo estadual, o dinheiro arrecadado será usado para compra de mantimentos que serão distribuídos entre os moradores das cidades que tiveram alagamentos e deslizamentos.

Contatos em cada estado

– CEDEC/RS – Coordenadoria Estadual de Defesa Civil do Rio Grande do Sul  – www.defesacivil.rs.gov.br
Fone: (51) 3210 4219

– DEDC/SC – Diretoria Estadual de Defesa Civil de Santa Catarina  – www.defesacivil.sc.gov.br – Fone: (48) 4009 9816

– CEDEC/PR – Coordenadoria Estadual de Defesa Civil do Paraná  – www.pr.gov.br/defesacivil

– SEDEC/RJ – Secretaria de Estado da Defesa Civil do Rio de Janeiro – www.defesacivil.rj.gov.br

– CEDEC/SP – Coordenadoria Estadual de Defesa Civil de São Paulo – www.defesacivil.sp.gov.br– Fone: (11) 2193-8888

Coordenadoria Municipal de Defesa Civil – São Paulo – Telefone: 199
Cruz Vermelha – São Paulo – Telefone: 11-5056-8665 / 5056-8664 / 5056-8667

– CEDEC/MG – Coordenadoria Estadual de Defesa Civil de Minas Gerais  – www.defesacivil.mg.gov.br – Fone: (31) 3236-2111

– CEDEC/ES – Coordenadoria Estadual de Defesa Civil do Espírito Santo  – www.defesacivil.es.gov.br

Fone: (27) 3137-4441

– SIDEC/DF – Sistema de Defesa Civil do Distrito Federal  – www.defesacivil.df.gov.br

– CEDEC/MS – Coordenadoria Estadual de Defesa Civil de Mato Grosso do Sul – www.defesacivil.ms.gov.br – Fone: (67) 3318.1078

FONTE: G1

Advertisements

Campanha de arrecadação de alimentos e cobertores

Posted in Voluntariado with tags , , , , on November 27, 2008 by Cris
Campanha de arrecadação SENAC/SC

Campanha de arrecadação SENAC/SC

SC: Saiba o que doar e os postos de recebimento da PRF/MS

Posted in Voluntariado with tags , on November 27, 2008 by Cris

Os Policiais Rodoviários Federais de Mato Grosso do Sul (Superintendência, sindicato e associação) sensíveis ao estado de calamidade pública em alguns municípios do Estado de Santa Catarina, em função das fortes chuvas nos últimos dias que provocaram inundações e deslizamentos de terras com dezenas de mortos, resolvem agregar forças no recolhimento de donativos para as vítimas e desabrigados.
A partir de hoje até dia cinco (05), em todas as unidades da Polícia Rodoviária Federal (Superintendência, Delegacias PRF e Postos PRF) estarão recebendo doações de comida, roupas e produtos para higiene, entre outras doações, como colchões, água, brinquedos, etc. que possam ajudar aos necessitados.
A Polícia Rodoviária Federal convida empresas e órgãos da sociedade civil organizada para agregarem a campanha, fazendo o recolhimento e avisando a PRF que ela se encarregará de buscar as doações nos locais previamente agendados.
Órgãos, empresas e entidades que queiram participar favor entrar em contato pelo telefone 3320-3600, para que a PRF possa divulgar os locais de coleta, bem como possa buscar as doações em data agendada.

Saiba o que doar e os postos de recebimento da PRF

O que doar?

• Donativos

Gêneros alimentícios: todo e qualquer gênero não perecível com ênfase em alimentos infantis que possibilitem alimentar sobretudo crianças e idosos!
Arroz.
Feijão.
Óleo Vegetal.
Açúcar .
Sal.
Farinha de Mandioca.
Enlatados em Geral.
Carne Salgada, Defumada ou seca.
Chá Mate.
Macarrão, massas em geral.
Biscoitos em Geral.
Alimentos Infantis como aveia, amido de milho e cereais para preparo de papinhas, etc.
Leite em Caixa ou Em Pó.

• Higiene e Limpeza

Papel higiênico.
Sabonete.
Sabão em pó ou barra.
Detergente.
Água sanitária.
Álcool.
Desinfetantes inseticidas.
Repelentes de mosquito.
Pastas e escovas de dente.
Xampu.
Luvas para limpeza.
Escovas e buchas.
Pomadas para assaduras em bebes e frieiras.
Fraldas descartáveis, infantil e geriátrica.
Absorvente íntimo.

• Roupas em geral

Calçados em geral.
Roupas de cama em geral.
Travesseiros.
Cobertores.
Colchões e colchonetes.
Lonas plásticas.
Filtros para água.
Utensílios domésticos.
Brinquedos e jogos infantis.
Devemos lembrar que as pessoas perderam suas casa e tudo que havia nelas.

Postos de recebimento da PRF

• Delegacia de Campo Grande
Av. Júlio de Castilho, s/n – Vila Alba – 67 3361-9118

– Posto de Campo Grande – BR 163 km 453
– Posto de Jaraguari – BR 163 km 530
– Posto de Terenos – BR 262 km 383

• Delegacia de Nova Alvorada do Sul
BR 267 km 240 / 67 3356-1302

– Posto de Nova Alvorada do Sul – BR 267 km 240
– Posto de Rio Brilhante – BR 163 km 324

• Delegacia de Anastácio
R Cel. Zelito 33 – Altos da Cidade – 67 3245-0810

– Posto de Miranda – BR 262 km 600
– Posto da Corumbá – BR 262 km 734

• Delegacia de Dourados
BR 163 km 267 – 67 3424-5555

– Posto de Dourados – BR 163 km 267
– Posto de Ponta Porã – BR 463 km 67
– Posto de Caarapó – BR 163 km 192 –

• Delegacia de Jardim
Av. Cel. Camisão 664 – Centro – 67 3251-2543

– Posto de Guia Lopes da Laguna – BR 267 km 470

• Delegacia de Coxim
BR 163 km 734 – 67 3291-2279

– Posto de Coxim – BR 163 km 734
– Posto de São Gabriel d’Oeste – BR 163 km 611

• Delegacia de Bataguassú
BR 267 km 19 – 67 3541-9305

– Posto de Bataguassú – BR 267 km 19
– Posto de Nova Andradina – BR 267 km 130

• Delegacia PRF de Três Lagoas
Av. Aldair Rosa de Oliveira 696 – Interlagos – 67 3521-7663

– Posto de Três Lagoas – BR 262 km 21
– Posto de Água Clara – BR 262 km 139

• Delegacia de Paranaíba
Av Cel Augusto Corrêa da Costa, 755 – Centro – 67 3668-1373

– Posto de Paranaíba – BR 158 km 159

• Delegacia de Naviraí
Av. Weimar Torres, 10 – Centro – 67 3461-0107

– Posto de Mundo Novo – BR 163 km 23
– Posto de Naviraí – BR 163 km 130 –

INFORMAÇÕES DO JORNAL DOURADOS NEWS

Mini roseira_02

Posted in Fotografia, jardim with tags , , on November 27, 2008 by Cris

Mini roseira_02, upload feito originalmente por andei fotografando….

anteontem
ontem
hoje
amanhã

Ingazeiro – Subfamília Mimosoideae

Posted in Fotografia, jardim with tags , , , on November 27, 2008 by Cris

Ingazeiro – Subfamília Mimosoideae, upload feito originalmente por andei fotografando….

Isso cresce
Na minha porta
Gosta de crianças, dá frutos tão doces
Alegria dos beija-flores todas as manhãs

ai ai minhas plantinhas me deixam inspirada…

Ameixa amarela – Nespereira – Eriobotrya japonica

Posted in Fotografia, jardim with tags , , , , on November 27, 2008 by Cris

Ameixa amarela – Nespereira – Eriobotrya japonica, upload feito originalmente por andei fotografando….

Nome “xique” da velha e boa ameixa amarela: Nespera… Eriobotrya japonica

kkkk aqui no meu quintal ela é ameixa amarela, minha filha pediu que eu plantasse, tem um pé delas na Escola dela, em época de frutos, é tratada sem o menor respeito pela molecada, rs rs… ela está lá firme e forte a décadas, parece entender a criançada, vai continuar produzindo enquanto nenhum adulto se incomodar com seu tamanho e generosidade.

Hortelã pimenta – Mentha Piperita

Posted in Fotografia, jardim with tags , , , on November 27, 2008 by Cris

Hortelã pimenta – Mentha Piperita, upload feito originalmente por andei fotografando….

Quase morre, estive gripada, uma semana.
Cuidei das plantas assim mesmo, não teve jeito, ao longo da minha semana, fui vendo elas definharem como se elas estivessem doentes, assim foi com as mudas de árvores, das flores, foram quase todas parar na UTI da varanda, para serem mimadas, voltarem a verdejar.

Um horror, sofreram junto comigo. Combinei aqui em casa que de vez em quando meus filhos molham elas para mim, tirar a dependência.